Nossa História

TRANSPORTE COLETIVO DE MANAUS 1957 à 2011

1ª Fase – Implantação e desativação dos bondes (1896 -1939);

2ª Fase – Atividades dos ônibus artesanais (1939 – 1957) período em que fazendo concorrência com os bondes ingleses, foram iniciadas as atividades dos ônibus de madeira;

3ª Fase – Empresa Pública/Empresas Privadas (1957 – 1980); Criação de uma empresa de economia mista, a Transportamazon e a entrada operando no serviço de transporte coletivo

4ª Fase – Criação de um Órgão Gestor (1980), que compreende o período de formação da EMTU – Empresa Municipal de Transportes Urbanos e sua trajetória no gerenciamento de Transporte Urbano de Manaus.

Lei nº 1.323 de 12 / 12 / 1977, sendo regulamentada pelo Decreto nº 1.988 de 03 / 06 / 1980

5ª Fase – IMTU – Instituto Municipal de Transportes Urbanos, orgão sucessor da extinta EMTU.

Lei nº 938 de 20 / 01 / 2006

6ª Fase – IMTT – Instituto Municipal de Trânsito e Transportes, orgão sucessor do IMTU.

Lei nº 1.320 de 16 / 04 / 2009

7ª Fase – Lei nº 1.508, de 21 de setembro de 2010 – Cria o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito – MANAUSTRANS, altera a denominação e a estrutura organizacional do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes – IMTT.

O Instituto Municipal de Transportes Urbanos – IMTT, objetivo da Lei nº 1.320, de 16 de abril de 2009, passa a denominar-se, Superintendência Municipal de Transportes Urbanos – SMTU.

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) foi criada em 2010 com a missão de programar ações estratégicas de planejamento, operação e fiscalização que envolvem os serviços essenciais de transporte público.