18/10/18 | 11:24
Prefeito lança programa para promover boas práticas entre motoristas do transporte coletivo e garante a gratuidade para o 2º turno das eleições

 

Dentro das ações e metas do Planejamento Estratégico em Transportes Urbanos de Manaus, o prefeito Arthur Virgílio Neto lançou nesta terça-feira, 16/10, o “Programa de Meritocracia para Motoristas”, que irá valorizar as boas práticas realizadas pelos condutores do sistema de transporte coletivo e destacar os melhores profissionais da área. Durante o lançamento, o prefeito assinou o decreto que garante a gratuidade do serviço de transporte coletivo para o 2º turno das eleições para governador e presidente, que acontece no dia 28 de outubro.

Segundo o prefeito, a proposta foi desenvolvida em parceria com as empresas concessionárias do sistema e é mais uma medida para qualificar os trabalhadores rodoviários e promover o melhor atendimento da população. “A partir do ano que vem, os motoristas de ônibus terão novos critérios de avaliação da atividade e aqueles que se destacarem serão certificados e receberão prêmios a serem definidos pelas empresas e sob a responsabilidade das mesmas”, anunciou o prefeito, em solenidade realizada no auditório da Casa Militar, no bairro Compensa, zona Oeste.

A redução da quantidade de faltas, reclamações, acidentes, uso de combustíveis e geração de poluentes, além dos elogios recebidos por parte dos motoristas, estão entre os fatores que serão avaliados pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) em conjunto com as empresas.

“O trabalho dos motoristas é fundamental para o bom funcionamento do transporte coletivo. A maneira como recebem o usuário, conduzem o veículo, tudo passa pela conduta do motorista. Por isso, consideramos que ele é fator fundamental para o sistema e devemos reconhecer os melhores profissionais”, ressaltou o superintendente Franclides Ribeiro.

Projeto-piloto

A empresa que dará início ao “Programa de Meritocracia para Motoristas” será a Vega Transportes, a partir de janeiro de 2019. A expectativa é de que, a cada trimestre, uma nova empresa implante o programa até alcançar todos os motoristas do sistema.

O projeto-piloto inclui o curso “Técnicas de Direção Verde”, com carga horária de 4 horas/aula, realizado nas empresas de transporte coletivo em parceria com o Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat). Com uma abordagem ecológica, o curso trabalha assuntos como aquecimento global, fontes alternativas de energia, emissões de carbono, poluição ambiental, reciclagem de lixo, responsabilidade ambiental e a atuação do transporte público neste contexto.

A SMTU já realiza cursos voltados para motoristas e cobradores, com aulas teóricas sobre legislação do transporte coletivo, noções sobre atendimento aos idosos e às Pessoas Com Deficiência (PCDs), além de aulas práticas, em que os alunos se colocam no lugar dos passageiros, a fim de que sejam sensibilizados para as necessidades dos usuários e possam implementar melhorias no serviço prestado.

Gratuidade nas eleições

Assim como no 1º turno das eleições gerais, o transporte coletivo de Manaus será gratuito no dia 28 de outubro, durante o 2º turno e 100% da frota deverá estar nas ruas para garantir que os eleitores cumpram seu dever como cidadão e exerçam o direito ao voto.

“Garantimos mais uma vez a gratuidade do transporte. Esse é meu esforço no sentido de que mais e mais amazonense votem, não importa em quem vão votar, o importante é que votem de acordo com sua consciência”, concluiu o prefeito.

A gratuidade do transporte nas eleições foi definida para o 1º e 2º turno após votação na Câmara Municipal de Manaus no dia 6 de outubro, véspera do primeiro turno das eleições municipais.

O decreto conclui o ato com o aval do executivo municipal, e deve ser publicado na edição do Diário Oficial do Município, desta terça-feira.